Skip to main content

/node/199

Diagnóstico do Coronavírus

Publicado em 13/02/2020 - 10:02

O novo Coronavírus ainda não chegou ao Brasil, mas precisamos estar preparados para uma possível necessidade em nosso país.

Por isso, o Alvaro Apoio traz um novo teste e mais informações importantes para a segurança da coleta.

Pioneirismo

O Alvaro Apoio é o primeiro laboratório do Brasil a desenvolver um exame focado em diagnosticar somente o Coronavírus. Mais um passo inovador e exclusivo em busca de oferecer o melhor em Medicina Diagnóstica.

Desenvolvemos e validamos, em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da USP, um novo teste com controle positivo específico para a cepa do surto chinês de 2019, isso garante para o seu laboratório e pacientes a melhor qualidade em resultado diagnóstico, feito de uma maneira mais rápida e mais acessível.

São até 72 horas para processar a amostra e entregar o laudo final, com uma logística que atende em todos os lugares do Brasil.

Como funciona o diagnóstico

Hoje, mesmo os painéis respiratórios ou painéis de avaliação de vírus respiratórios já disponíveis no mercado, ainda não detectam essa linhagem específica de Coronavírus (COVID-19).  

O diagnóstico do Coronavírus é feito por metodologias moleculares ou de biologia molecular. Trabalhamos com Metodologia PCR e a forma de coleta é swab nasofaringe, que pode ser realizada em qualquer unidade laboratorial ou hospitalar, seguindo as regras de proteção da população e do profissional que fará a coleta. 

Após a coleta o material deve ser refrigerado a -4°C ou congelado em -20°C e enviado para o nosso NTO para processamento da amostra. A estabilidade da amostra é de até 5 dias.

Fique atento aos EPIs recomendados para coleta: 

  • Capote descartável 
  • Óculos de proteção
  • Luvas descartáveis
  • Máscara N95 ou PFF2


Atenção: Todos  esses equipamentos devem ser descartados em local adequado depois.

As especialidades médicas indicadas para solicitar o exame são Pneumologistas, Geriatras, Pediatras, Clínicos Gerais e Infectologistas. 

O código para solicitação do exame é o NCOV.

Afinal, o que é um Coronavírus?

Coronavírus é um grupo de vírus que causa infecções respiratórias. Em 2019, um novo agente dessa família de vírus (COVID-19) foi descoberto na China, após casos de pneumonia registrados que não responderam ao tratamento com antibióticos. 

Cientistas acreditam que a doença teve origem em um animal e se espalhou para os seres humanos.

Em menos de um mês, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), são 40 mil casos registrados em 18 países e mais de 900 mortes, o que mobilizou órgãos internacionais e a comunidade científica na busca pela prevenção, respostas sobre sua transmissão e tratamento.

Principais sintomas


Os sintomas do Coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Incluem:

sintomas do Coronavírus

Quem possui um sistema imunológico mais enfraquecido, como idosos e crianças, tem maiores chances de o vírus causar uma doença mais grave, como uma pneumonia ou bronquite.

Disseminação


As investigações sobre transmissão do novo Coronavírus ainda estão em andamento, mas já se sabe que a disseminação de pessoa para pessoa está acontecendo nos países afetados. Porém, ainda não se tem certeza da facilidade com que se espalha. 

A transmissão do grupo de vírus do Coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: espirro, tosse, toque ou aperto de mão e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Segundo estudos, o período de incubação é de 5 dias e dobra o número de contagiados em 7 dias* (ref: https://www.nejm.org/). Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

Indicação de tratamento


Não existe tratamento específico para o Coronavírus humano. No caso do novo, o que tem sido indicado é repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos), uso de umidificador no quarto ou banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse. Sempre procure um médico em caso de suspeita e não tome medicamento por conta própria.

Para saber mais sobre esse novo exame exclusivo e como levar a evolução ao seu laboratório, entre em contato com a nossa equipe comercial.