Skip to main content

/node/220

Algoritmo Sorológico: nosso novo exame para COVID-19

Publicado em 20/07/2020 - 15:07

Sempre pensando em oferecer ainda mais inovação aos laboratórios parceiros, principalmente diante de um assunto tão importante quanto o novo Coronavírus, demos mais um passo importante.

Como resultado da nossa busca pela melhor qualidade em testes de COVID-19, agora temos à disposição o Algoritmo Sorológico, junção de dois outros exames nossos: de Sorologia Anticorpos Totais e Sorologia IgM/IgG. Exame sorológico executado em algoritmo e baseado na recomendação do CDC americano, esse desenho foi para obtermos aumento dos valores de VPP e VPN.

É o melhor teste e só o Alvaro tem.

Como é feito?

Ele é realizado em 2 etapas: a primeira é uma sorologia de anticorpos totais, feita na eletroquimioluminescência. Se o resultado for positivo, a segunda etapa é realizada com a sorologia discriminatória de anticorpos IgM/IgG em quimioluminescência.

Qual a sua vantagem?

Possui uma alta sensibilidade proporcionada pelo exame de anticorpos totais (sorologia de 2ª geração), combinado com a discriminação das imunoglobulinas específicas. Isso garante maior segurança no teste, sem que haja perda da interpretação médica nos casos positivos.

Quando deve ser feito?

Todos os testes sorológicos são recomendados após o 14° dia de sintomas ou da suspeita de exposição ao vírus.

Quem deve fazer?

Indicado para avaliar contato ou doença prévia em pacientes que tiveram sintomas com início há mais de 14 dias, e também em pacientes sintomáticos com suspeita de COVID-19 que testaram negativo para PCR ou que não tem acesso a esse exame.

Quando sai o resultado?

Em até 3 dias úteis após chegada ao Núcleo Técnico-Operacional (NTO).

Há a possibilidade de resultados discordantes entre a 1ª etapa e 2ª etapa?

Podem ocorrer resultados reagentes na etapa de anticorpos totais, porém com IgM e IgG isolados não reagentes. Isso se deve a maior sensibilidade do exame aplicado na primeira etapa.

A realização subsequente de nova sorologia para acompanhamento da soroconversão de IgM e IgG deve ser avaliada pelo médico assistente com base na história clínica, epidemiológica, e à luz do conhecimento científico vigente sobre a utilização dos anticorpos como auxílio ao diagnóstico do SARS-CoV2, não sendo necessariamente recomendada.

Explicativo sobre o resultado numérico medido no exame

  • Não é indicativo da quantidade total de anticorpos presentes na amostra.
  • A resposta imune individual varia consideravelmente e pode gerar resultados diferentes com ensaios de diferentes fabricantes.
  • Os resultados numéricos apresentados na primeira etapa (eletroquimioluminescência) e na segunda etapa (quimioluminescência) não devem ser comparados.
     

Entenda as etapas de realização

organograma

 

Tabela interpretativa do Algoritmo Sorológico

tabela 1

Forma ideal de coleta

  • Tubo primário ou tubo de transporte
  • Centrifugação após 30 minutos de retração do coágulo
  • Estabilidade: refrigerado de 2 a 8°C por 5 dias
  • Transporte em gelo seco

 

Mais informações sobre o exame

tabela 2

 

Para mais informações, entre em contato com o Executivo de Vendas. Ou fale com a gente pelo Conexão Alvaro Apoio, número 0800-643-8100, e pelo WhatsApp, (45) 98821-9193.